MEJ

O Movimento Empresa Júnior (MEJ) surgiu na França em 1967, na ESSEC (L’Ecole Supérieure des Sciences Economiques et Commerciales de Paris) na qual os alunos criaram uma instituição que permitisse uma realidade empresarial e prestasse serviços de consultoria para empresas de mercado. No Brasil, o MEJ se iniciou no fim da década de 80 e hoje já conta com mais de 1000 empresas juniores e quase 300 mil empresários juniores, segundo a Brasil Junior, Confederação Brasileira de Empresas Juniores.

 As empresas juniores são constituídas pela “união de alunos matriculados em cursos de graduação em instituições de ensino superior, organizados em uma associação civil, sem fins econômicos, com o intuito de realizar projetos e serviços que contribuam para o desenvolvimento do país e deformar profissionais capacitados e comprometidos com esse objetivo”, conforme o conceito nacional de EJ definido pela Brasil Junior.

 Os objetivos de uma EJ devem ser:

- Proporcionar ao estudante aplicação prática de conhecimentos teóricos, relativos à área de formação profissional específica;
- Desenvolver o espírito crítico, analítico e empreendedor do aluno;
- Intensificar o relacionamento empresa-escola;
- Facilitar o ingresso de futuros profissionais no mercado, colocando-os em contato direto com o seu mercado de trabalho;
- Contribuir com a sociedade, através de prestação de serviços, proporcionando ao micro, pequeno e médio empresário especialmente, um trabalho de qualidade a preços acessíveis.

Saiba mais em:

Brasil Junior

FEJESP

Núcleo USP Jr